7 de jul de 2012

Coffee Black




Na foto performance “Coffe Black” utilizo como cenário o muro externo do Parque Agropecuário de Goiânia, e também os seguintes elementos: mesa, forro de renda, bule e xícara esmaltados, café e beiju (ou tapioca, prato bastante popular no Brasil, feito de polvilho), que formam uma metáfora ao café-da-manhã, enquanto refeição (do inglês, Coffee Break) e especificamente ao café preto (Coffee Black).

O destaque dado à cabeça e ao alimento relaciona-se com um rito das religiões de matriz africana, chamado borí, que significa dar comida à cabeça, buscando assim a renovação de forças do indivíduo. E é nessa cabeça, coberta pelo beiju que eu derramo o café. O café do alimento matinal, o café do hábito cultural brasileiro, o café das políticas oligárquicas, o café pictórico.













Dalton Paula
Coffee Black
2012
Fotografia
60 x 450 cm
Foto: Heloá Fernandes




Nenhum comentário:

Postar um comentário