12 de fev de 2013

Barreira do som



Em tempos longínquos
Uma força move, persuade, abala o engenho.
Faz-se morada. Deixa marcas no espaço público e privado.
Move engrenagens do corpo, do espírito e da alma.

Cobrado pela memória ... dívida ancestral.
Griôs, Griôs, Griôs ... ensinam a viver.

Há um silêncio que significa, fala e comunica.
Não gritos – mas –  a zoada ressignifica-se.
Contínua e presente, em posição de re-existência.







Dalton Paula
Barreira do Som F 
90 x 135 cm
Fotografia
Foto: Heloá Fernandes
2013








Dalton Paula
Barreira do Som C
90 x 135 cm
Fotografia
Foto: Heloá Fernandes
2013








Dalton Paula
Barreira do Som E
90 x 135 cm
Fotografia
Foto: Heloá Fernandes
2013








Dalton Paula
Barreira do Som D
90 x 135 cm
Fotografia
Foto: Heloá Fernandes
2013








Dalton Paula
Barreira do Som A
90 x 135 cm
Fotografia
Foto: Heloá Fernandes
2013



Nenhum comentário:

Postar um comentário